Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

belinha, a dorminhoca


Era uma vez
uma garotinha que dormiu rapidinho...

e o final da história?

Ela não ouviu porque dormiu rapidinho.

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

ensino religioso

Um trabalho simples de ensino religioso: Responda quem é jesus e o que ele ensinou.

- Ele nasceu em 25 de dezembro.
- No Natal?
- Sim, no Natal.
- Legal.
- O que Jesus ensinou, Nana?

Depois de pensar um pouco respode com uma pergunta:

- A tomar vinho?

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

5a feira do livro - 04/11/10 - Com vontade de voar

Finalmente animei de novo a falar dos livros. Toda quinta-feira eu ainda pego os livros na biblioteca da escola, mas eu não estava com vontade de falar disto. Aí ontem eu peguei este livro lindo e minha mãe perguntou se não valia a pena colocar no blog. Gostei da idéia. É um livro lindo, adorei a história e as ilustrações. No final minha mãe leu a biografia da autora e gostei ainda mais do livro.
  Conta uma história linda sobre liberdade, sobre cuidado com os amigos, sobre saudade.

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

cidadania



Toda eleição eu levo uma das meninas comigo. Antes era a Rafaela, que foi até perceber que era "um mico, mãe", depois a Nana. No primeiro turno ela falou tanto da Marina na minha cabeça que acabei deixando de votar na Dilma para votar nela. Minha amiga Líria diz que a culpa do segundo turno é minha e da Nana. 

No segundo ela queria que eu votasse no Serra, desta vez fui irredutível. Foi uma campanha desleal, pior que  a fomos obrigados a ouvir no horário de propaganda gratuita. No último mês Nana foi uma ardorosa defensora do Serra, todos os dias, em vários momentos do dia, das mais diversas formas ela tentou me convencer a votar no Serra. 

Um dia antes da eleição ela passou muito tempo falando bem do Serra e mal da Dilma. Quem conhece a Nana sabe que quando ela quer uma coisa é quase impossível não ceder ao impulso de fazer o que ela quer só para ficar livre da ladainha. Ela é capaz de falar por horas a mesma coisa. Ao final do dia ela tentou de novo. Finalmente falei:

- Você prefere o Serra, se você fosse votar você votaria nele, mas amanhã quem vai votar sou eu, eu prefiro a Dilma e quero votar nela.

Ela não disse mais nada. Acordou no domingo animada para a votação. Quando fomos para a cabine ela olhou para a urna e disse:
- A Dilma é 13, o um e o três, viu?

Olhei desconfiada para ela, que manteve-se inalterável, digitei o número e tentei de novo:
- É esta a pessoa? - Perguntei apontando para a foto.
- Sim, agora aperta o confirma.

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

a esperança é triste


- A esperança é triste, né?
- Como?
Depois de fazer sua cena dramática preferida, deitar sobre a mesa e olhar tristemente na minha direção com cara de extremo sofrimento, repete:
- A esperança é triste, né?
- Por que você acha isto, Nana?
- Porque estou esperando o horário político terminar e não tem nada para eu fazer...

domingo, 12 de setembro de 2010

5ª feira do livro atrasada e festa da família

Semaninha agitada! É só isto que minha mãe fala quando pergunto do meu blog. Finalmente ela arrumou um tempinho para atualizar, né mãe? Quinta-feira passada eu peguei este livro: As Sobrinhas da Bruxa Onilda & Chapeuzinho Vermelho. É uma tradução também, como na semana passada. É um livro muito legal, eu já havia lido outros da Bruxa Onilda e sempre que encontro um livro dela pego porque ela sempre está aprontando uma coisa! Ô bruxinha levada!
Ontem foi dia da família na minha escola, pena que meu pai não pode ir, porque não coincidiu com o trabalho dele. Já contei que ele é caminhoneiro, né? Ontem ele estava na estrada! Olha só algumas das fotos que tiramos! Além de minha mãe e eu, minha tia Renata, a Tiata, e o meu primo Gab também foram, e, claro, meu avô também deu uma passadinha lá para pegar a gente depois do Jump. A gente se divertiu muito. Pena que minha mãe esqueceu de tirar foto do coelho Pé-de-Chinelo, foi a atração que eu gostei mais. Se liga, né, mãe!

terça-feira, 7 de setembro de 2010

aniversário e picnic

Não contem para minha avó, mas no sábado a minha mãe fez bolo de chocolate com cobertura de brigadeiro e granulado para cantarmos o parabéns para meu pai. Minha avó não gosta que eu como muito chocolate, ela diz que fico agitada demais, mas tem sempre alguém que acaba me dando um pouquinho escondido. E a primeira coisa que faço quando chego na casa da minha vó é contar para ela.
  
No domingo de manhãzinha fomos para o parque das Mangabeiras fazer picnic e comemorar o aniversário do meu pai, que foi dia 1º. Fomos eu, a Rafa, minha mãe, meu pai, Tia Rosa, o Preto, meu primo e a namorada dele, a Fran. Na hora do picnic chegaram alguns penetras. Não sabemos direito quem são eles, mas entramos num consenso que são quatis. Eles são bem acostumados com os visitantes do parque e quando sentem cheiro de comida vem logo para pegar um barranquinho no lanche.

A criançada aproveitou para dar comida na boca deles e os pais para tirarem fotos. A Rafa foi eleita a rainha dos quatis, eles adoraram ela e nada que eu fiz fez com que eles se aproximassem para eu alimentá-los.
    
Acho que eles se assustaram com minha cadeira. Um deles tentou pegar uma migalha debaixo do apoio de pés de minha cadeira e quase ficou preso, saiu correndo e não voltou mais. É preciso muita habilidade para usar cadeira-de-roda.
 

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

isto tudo??

Nana está muito ansiosa com o aniversário, que é só dia 28 de novembro, tentei dizer que ainda faltava muitos dias, pois toda semana ela achava que era no próximo domingo. Pegamos um calendário e contamos os dias que faltam. 86 dias. 
- 86 dias???? Até lá eu já vou estar velha!!! Mas eu ainda vou gostar de boneca, viu?

Por falar em aniversário, dia 1º foi aniversário de meu pai.Um beijão pai, a gente não pôde comemorar na quarta, mas no domingo a gente vai fazer um picnic muito gostoso e comemorar seu aniversário. 



quinta-feira, 2 de setembro de 2010

5ª feira do livro - Cuidado, Dinossauros!!!

Acabou o mês do folclore e agora podemos pegar livros à nossa escolha e o de hoje é um livro muito interessante. Acho que é os autores não são brasileiros, mas acho que as crianças de lá do país deles fazem as mesmas bagunças que a gente faz aqui. Eles escreveram um livro de dicas de segurança. O legal é que é muito divertido, não é daqueles livros "não faz isto" não faz aquilo". Ele tem umas ilustrações muito divertidas e que mostram direitinho porque não devemos fazer uma coisa ou outra.

  
Eu gostei bastante do livro e minha mãe também. É um ótimo presente, porque ensina a gente como se cuidar em muitos lugares, em casa, na rua, na chuva, com estranhos, nas emergências.

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

5ª feira do livro - O chá de sumiço e o curupira

Nesta quinta-feira eu peguei dois livros legais na biblioteca. Este é O Caso da Lagarta que Tomou Chá de Sumiço, é um livro muito interessante e a gente preencheu um albinho com informações do livro. Conta a história da investigação sobre o sumiço da lagarta, tem muitos suspeitos e a história do Milton Célio de Oliveira Filho e as ilustrações do André Neves prendem nossa atenção até o fim. Neste livro todos os personagens são suspeitos do sumiço da lagarta, a minha aposta foi na centopéia, mas tem muitos outros personagens a joaninha, o camaleão, a aranha, o tucano, a mosca, a coruja... Quer saber quem é o culpado? Não conto, não conto....


O outro livro que peguei foi Curupira, da Márcia Meyre Guimarães, é uma lenda indígena brasileira, a Márcia conta a história e faz os desenhos lindos do livro. Não sei dizer qual livro eu gostei mais, o que eu sei mesmo é que estou doidinha para chegar outra vez a quinta-feira para eu poder conhecer mais histórias incríveis.

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

5a Feira do Livro - 19/08/10 - Mula sem cabeça



Hoje, na biblioteca, continuamos o projeto de conhecer o folclore brasileiro. O livro que escolhi hoje foi Mula Sem Cabeça, do mesmo autor da semana passada, o Paulo Dias Fernandes.

Gostei da história, mas é um pouco assustadora. Minha mãe disse que é importante conhecer nossa cultura.

Sobre o livro: título: Mula sem cabeça, autor: Paulo Dias Fernandes. Esta coleção ganhou o prêmio Jabuti de 1984.

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

5ª Feira do Livro - 12/08/10 - O Boitatá e os Fazendeiros

  

Tem uma coisa que eu gosto mais que uma boa balada. São as quintas-feiras. Quinta-feira é o dia de ir à biblioteca e pegar o livro da semana. Quando amanhece na quinta a primeira coisa que falo é: - Mãe, hoje é dia de livro!!! Então minha mãe resolveu postar toda quinta-feira o livro que escolhi para ler. Neste mês vamos pegar livros que falem de lendas folclóricas brasileiras e eu escolhi este: O Boitatá e os Fazendeiros.

Algumas informações sobre este livro: Ele é um dos livros da coleção Série Paraíso da Criança, foi premiado com o Prêmio Jabuti em 1984. É ilustrado com fotografia em cores de bonecos. Editora: Edelbra

Minha opnião: Gostei do livro (história e imagens)

Pudera


- Pai, vamos na padaria comprar sorvete?
- Não.
- Pai, vamos na padaria comprar sorvete?
- Não.
- Pai, vamos na padaria comprar sorvete?
- Nana, não vou. Da última vez que comprei sorvete você nem provou.
- Não provei porque estava gelado.

domingo, 8 de agosto de 2010

Aniversário da Letícia e Dia dos Pais

Mais um final de semana agitado com pessoas que amo. No sábado foi aniversário da Letícia. Ela comemorou 8 anos numa lanchonete e estava muito animado. Todos os nossos amigos estavam lá e a família dela é um amor. (não faltou nem o brigadeiro!!!!)

Esta aí é a aniversariante, nesta hora eu estava era preocupada em abrir minha surpresinha, me esqueci de olhar para a máquina. 

 
Estes são os pais dela, a foto não ficou muito boa, minha mãe insiste em dizer que a culpa é da máquina.


 
Todos aproveitaram muito as brincadeiras e as guloseimas, tinha uma monitora lá que brincava com a gente, ela desenhou uma borboleta linda na minha mão. Hoje de manhã eu fiquei triste quando vi que a borboletinha tinha voado.

 
Olha a minha cara feliz, voltando de ônibus da festa! Esta coroa de balão foi o que sobrou do cachorrinho que a monitora fez para mim.

 
Hoje foi muito legal também a Tia Rosa veio para o almoço do dia dos Pais. Só faltou o meu irmão Neto. Ele mora em São Paulo com a família da mãe dele, quem sabe no próximo ele venha, né?

terça-feira, 3 de agosto de 2010

amigos e família, eita coisa boa!!!!

As férias de julho foram incríveis. Fomos almoçar fora, ao cinema 3D, compramos tudo do Shrek e no último dia fomos à casa do Gui e passamos um domingo muito legal. O Rodrigo, namorado da Ana Cláudia fez o churrasco. Estava muito gostoso, nem quis comer o arrozinho e olha que eu adoro arroz. 
A Ana é amiga do trabalho da minha mãe, o Gui também. O churrasco foi na casa dele e eu conheci a Mariza, mãe dele e adorei. 
Na foto são os amigos da minha mãe, a amiga do Gui, o Gui, a Débora, a Tamara e o Vítor. Foi ele quem tocou no aniversário da Rafa.
Olha eu e a Rafa no ônibus indo para o churrasco. Tem pouco tempo que minha mãe criou coragem de sair comigo de ônibus, ela tinha medo do elevador, mas é até bem tranquilo. 

Neste dia, no segundo ônibus que pegamos deu um medinho. Primeiro o trocador não queria acionar o elevador, pediu para subir a cadeira sozinho, minha mãe não aceitou. Depois a trava de roda da plataforma  do elevador não desceu e minha mãe teve que passar a cadeira por cima dela. Dentro do ônibus, mesmo com a cadeira com todos os cintos de segurança pulava muito e balançava porque o motorista corria demais. A vida de quem precisa usar cadeira de rodas às vezes é meio complicada. Tem motorista que não gosta de acionar os elevadores, um moço disse para minha mãe que eles dizem que acionar o elevador atrasa a viagem deles em 4 minutos, é mole? E a viagem da gente quando eles não param? Tem também as linhas de ônibus que não consertam o elevador ou os acessórios quando eles estragam. 
Mesmo com tudo isto o nosso dia foi muito divertido. Teve um bingo lá, para a gente distrair, adivinha quem ganhou as quatro primeiras vezes? Nem vou contar para vocês não dizerem que fico me gabando. 

terça-feira, 27 de julho de 2010

quatro ou cinco brigadeiros depois...



Era sábado e a gente tinha acabado de acordar da festa do pijama na casa da Tia Carol e do Tio David. Meus pais vieram me buscar e aproveitaram para tomar café. Eu abaixei na mesa um pouco para descansar. Tia Carol me perguntou: - Uai, Nana, tá triste ou comeu brigadeiro demais? - Levantei a cabeça e respondi bem séria: - Estou triste, sou filha de pai separado! - Todos caíram na risada, até minha mãe. Eu não deixei por menos: - Não ri não, mãe, também sou filha de mãe separada!

segunda-feira, 26 de julho de 2010

eu adoro foto

Não tem jeito, posso estar triste, na pirraça, cansada, mas minha mãe já sabe que é só dizer: -Nana, dá um sorriso, vou tirar uma foto! Tá para mim, a rafa acabou de fazer curso de fotografia, agora só falta a minha mãe dar uma máquina pra ela. Enquanto isto eu vou treinando minhas poses. Ai natal, chega logo!!!

domingo, 25 de julho de 2010

Um fabuloso destino...

A Amelie vocês já conhecem, nós adoramos esta filhotinha. Mas, sinceramente eu acho que ela não tem muito futuro. Eu até tento ensinar alguma coisa para ela, mas ela não aprende... Primeiro eu tentei ensinar a brincadeira de soco-soco, bate-bate para ela, ela não aprendeu. Minha mãe disse que ela não sabe falar aí fica difícil. Tudo bem que ela é boa nos pulos, quando minha mãe joga a bolinha ela pula o sofá muito bem. Isso é truque comum, mãe. Resolvi dar uma nova chance para ela. Comecei com algo bem básico. Ela também não conseguiu aprender... quer coisa mais simples do que falar: Miau!? Ai, ai, Amelie, assim não dá, né?

quarta-feira, 21 de julho de 2010

O Tijúnio

Tijúnio é meu tio, ele é irmão da minha mãe. É nosso tio maneiro, que gosta de brincar com a gente, é o que sempre está incentivando. É o único tio que comenta no blog e a gente ainda nem tinha falado dele direito, só quando falamos do aniversário da Tia Vânia, mas não conta, né?...rs  Ele, como não podia deixar de ser, é artista também. Já fez até capa de livro. O livro de nossa amiga Líria Porto.
Ele também faz flyers, que é o nome chique que se dá para os convites de festa. Ele fez o da minha prima Dudule e da festa de aniversário dele e da minha avó Jura. Aquela que ele ficou esperando post aqui no blog. Ficaram muito legais, os amigos da Dudule ficaram impressionados com o convite e muitos deles querem que meu tio faça o convite para eles também. Aliás, se vocês quiserem, é só entrar em contato. Este é o da festa da Dudule, foi uma festa "Disco" e foi nesse dia que eu descobri que adoro dançar, como já contei aqui.
 
Este foi para a festa de aniversário dele e da minha vó. Estes desenhos também foram feitos por ele. Quem conhece os dois sabem que ficaram muuuuito parecidos. O aniversário deles foram comemorados no dia 10, mas eles nasceram no dia 07/07. Ele fica todo metido, diz que é um presente de aniversário para minha avó.


Taí, este é meu Tijúnio e este é seu post especial de homenagem, atrasado e mais que merecido!!!!

sábado, 17 de julho de 2010

só dá artista!!!!

Foto depois do 1° dia de curso
Foto depois do 2° dia de curso

 
Foto depois do 3° dia de curso
Retrato em sépia, aula final na praça da liberdade.
Fotos tiradas no último dia de curso. Aula prática na praça da Liberdade em 17/07/10.
Rafaela aproveitou bem o curso de fotografia digital que fez. Agora, finalmente, temos alguém para registrar nossos momentos!!! Valeu Rafa, parabéns!!!!

domingo, 11 de julho de 2010

é um pássaro, um avião, um ovni?

-Quem adivinha o que mostra esta foto? Um avião voando de noite? Um disco voador? 
-Nãããããããããooooooo.
-Era eu mesma, a Nana, toda iluminada na boate da festa de aniversário do Tijúnio e da Vovó Jura. Mal, mal descobri que adoro uma pista de dança apareceu outra festa. E eu que não sou boba nem nada, me acabei na pista de novo. Estava tão boa a festa que nem reclamei que não tinha brigadeiro e que o bolo não era de chocolate. E estas pulseirinhas brilhantes? E os colarzinhos de luzes? E a música alta e animada? Eu a.do.rei!!!!
E para quem não acredita que sou eu mesma, olha eu aí nas fotos com flash.

Viram? Pensando bem, vendo minha mãe e meu pai assim, dançando, eu acho que não tinha como eu não gostar, não é?

Olha aí os aniversariantes. Esta aí do lado, tampando o ouvido é a minha irmã Rafa. Lá na parede um painel que minhas tias fizeram, pois comemoramos também os 40 anos de casados do meu avô Manoel e minha avó Jura. 

Pelas fotos dá para perceber que esta família toda adora um arrasta pé, não é? Olha aí a Tia Carol e a minha tia Kiki.
É o pessoal ficou mesmo muito animado!!!! Eu já estou contando os dias para chegar a minha festa, ou melhor, contando os aniversários. Ainda faltam o aniversário do Gab, da Tiata, do meu pai, da tia Carol e do meu avô até chegar o meu, ai ai. Pelo menos eu vou poder curtir muita dança até chegar o meu dia!