Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Na luta para salvar filho, pai cria remédio que pode se tornar marco da medicina

O engenheiro mecânico é pai de um rapaz de 21 anos, com idade mental de uma criança de dois anos. O rapaz sofre de gangliosidose, uma doença genética rara causada pela falta de uma enzima fundamental para o funcionamento dos neurônios. O remédio criado pelo pai pode ser a resposta para outras pessoas que sofrem da mesma doença. Assista aqui a reportagem do canal R7.

domingo, 27 de junho de 2010

Baby In The Sky - campanha para salvar crianças


Este vídeo é uma produção parisiense que busca angariar fundos para a prevenção de nascimentos de bebês portadores do vírus HIV, segue abaixo os créditos como eu encontrei na net.


Credits:
Client: Global Fund
Title: Baby In The Sky
 Agency: Global Fund
Production Company: Passion Paris Production
Directors: Jack Antoine Charlot@Bonzom
Executive Producer: Marc Bodin-Joyeux & Claire Potel
Animation Production: JSCB (Je Suis Bien Content)
Production manager: Marc Jousset, Perrine Capron
Script Scenario & Idée Originale: Olivier BARDY & Jack Antoine Charlot
Storyboard: Kalkaire
Art Developement: Kalkaire
Animation: Guillaume Delaunay, Dimitri Lecoussis, Damien Barrau, Davy Durand
Compositing: François Leroy, Jimmy Audoin
Sound Design studio: Dîner au Motel
Sound Designer: Michael Fakesch & Stéphane Papin
Voice Over: Carla Bruni Sarkozy
Music: Amy Winehouse / Universal “Black is back”

sábado, 26 de junho de 2010

olha a Rafa, mãe!!!!!!



Este vídeo é um trabalho de religião que a Rafa e as amigas dela fizeram. É isso aí, garotas... ficou muuuuito legal. (eu diria que merece um Oscar, mas acho mesmo que merecem é mais...rsrs)

Parabéns!!!!

sexta-feira, 25 de junho de 2010

A Mariana, o galo e eu...



- Mãe, a Mariana diz que eu tenho de ser cruzeiro para entrar pro grupinho do cruzeiro...
- E você, vai virar?
- A Mariana quer...
- E você, vai querer que o cruzeiro ganha do galo?
-... mas a Mariana...
- A minha amiga é galo, eu sou cruzeiro e a gente não importa.
- Quando você conheceu ela, sabia que era do galo?
- Fiquei sabendo logo...
- Você não pediu a ela pra mudar?
- Não.
- Eu não preciso mudar então?
- Não, diz pra ela que você gosta dela e do galo.
(sorriso)
Minutos depois...
- Mãe, não consigo parar de pensar...
- Eu sei... isto às vezes acontece, temos de fazer escolhas muito difíceis...

quarta-feira, 23 de junho de 2010

Desafio e superação: a marca de um campeão



O nosso amigo Luiz é show de bola, cliquem no link acima e assistam a reportagem que saiu dele. Valeu, Luiz, sua cadeira de rodas abre caminhos para todos nós!!!!


Luiz Carlos Ferreira, funcionário da SLU, é atleta de um esporte muito especial: tênis em cadeira de rodas. Ligado em esportes desde a infância, com esforço, dedicação e, sobretudo, talento, ele já venceu diversos torneios no Brasil e no exterior. Um exemplo de superação de limites a ser seguido e aplaudido.

terça-feira, 22 de junho de 2010

Hardcore Sitting: Adrenalina para cadeirantes



Uhuuuuuuu!!!!!!!!! É de perder o fôlego!!!!!

"Engana-se quem pensa que um cadeirante está fadado ao sedentarismo. Criado por Aaron Fotheringham, garoto de 17 anos nascido em Las Vegas, o "Hardcore Sitting" - um esporte pra lá de radical sobre cadeiras de rodas modificadas - começa a embalar não apenas na terra do Tio Sam, mas no Brasil também. Tudo começou quando Aaron, aos 14 anos, começou a andar de maneira mais extravagante. Quase todos os dias o garoto seguia seu irmão para observar as manobras de BMX (bicicleta) na pista de skate do bairro. Um dia seu irmão perguntou-lhe se gostaria de dropar a rampa o que, à primeira vista, assustou o garoto. Mesmo com o frio na barriga, Aaron tentou e, como ele mesmo diz, se "viciou" na prática. Após 50 tentativas, ele conseguiu até executar um backflip - mortal para trás, com giro de 360 graus. Desde então, o esporte vem ganhando adeptos, que inventam manobras inspiradas em BMX, patins e skate. A repercussão na mídia foi tanta que o esporte cruzou fronteiras e chegou a outros países, como aqui no Brasil. Hoje, o Hardcore Sitting concentra praticantes na cidade de Rio Claro, interior de São Paulo. Ao contrário do que acontece nos Estados Unidos, aqui no Brasil o esporte ainda é praticado com cadeiras de basquete adaptadas. Mesmo assim, é um alento para os cadeirantes que precisam descarregar a adrenalina. Caso do jovem Aaron que vê na modalidade "uma forma divertida de viver a vida", segundo entrevista ao site New Disability. Com criatividade de quem encara rampas e corrimãos, a palavra deficiência vai perdendo o sentido" ary moro

sábado, 19 de junho de 2010

Disciplina

Todo dia eu estudo um pouco
Desenho um jardim novo
e coloco minhas orelhas de coelho da sorte...

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Matemática



- E se fosse um álgo de figurinhas?
- Bom, se tivesse 10, seria uma dezena. Se tivesse 100, centena...
- E se tivesse duas.... repetidas?

papo sério - audiência pública

quarta-feira, 16 de junho de 2010

segunda-feira, 14 de junho de 2010

sábado, 12 de junho de 2010

foi para bocaiúva...

todo final de semana é a mesma coisa. eu acordo cedinho e chamo a minha mãe. ela me coloca na cama dela e vai fazer o café. meu pai me esconde debaixo da coberta e pergunta pra ela: onde está a nana? 

ela grita de lá: ué, não sei, tava aí, será que foi para bocaiúva?

eu saio debaixo da coberta e morro de rir dela...

sexta-feira, 11 de junho de 2010

enquanto minha mãe estuda...

eu faço meus desenhos, brinco com a Amelie, pergunto minha mãe se ela precisa de ajuda... eu sou ótima em para casas. dou uma voltinha e chego perto dela de novo para perguntar se posso ajudar... poxa, mãe, me dá atenção, vai!!!!

quarta-feira, 9 de junho de 2010

num dia como hoje...

que estou cansada, gripada, gelada, sem perspectiva de descanso próximo, sem grana, descrente, tem um sorriso que desembaça minha vidraça...


segunda-feira, 7 de junho de 2010

A Viagem de Chihiro - até decorar as falas

 

A viagem de Chihiro é um filme especial para pessoas especiais. Giovana adora este filme. Ele tem tudo que ela valoriza: família, aventura, amor, amizade, lealdade, mas principalmente algo que ela tem de sobra, ver os outros além das aparências, entender que pessoas tem seu lado bom e ruim e que podem ser amadas sempre. A viagem de Chihiro é uma animação japonesa primorosa e vale a pena assistir até decorar as falas.

domingo, 6 de junho de 2010

Amelie - la valse d' amelie... nossa amelie chegou hoje!!!!!



Hoje é um dia especial. Nossa Amelie chegou!!!! Ela é linda, brincalhona, adorou a nova casa, nós adoramos ela. Ela é adorável como a Amelie Poulain e este vídeo estava reservado para ser postado no dia em que ela chegasse.Estamos felizes, nossa família está completa agora!!!!

sábado, 5 de junho de 2010

sexta-feira, 4 de junho de 2010

este olhar...

é que me faz enxergar coisas que jamais vi. sentir coisas que jamais senti. lutar lutas que jamais sonhei. ele me move, me incentiva, me instiga e me mata. é por ele que vivo, trabalho, morro e ressuscito a cada dia.

quinta-feira, 3 de junho de 2010

tiata, dudule e o gáb

Esta é minha tia Renata, a Tiata, é a mãe do Gabriel, o Gáb, e da Maria Júlia, a Dudule. Ela é irmã da minha mãe e a gente brinca de implicar uma com a outra. Eu falo mau do cabelo dela, falo que não gosto que ela vai me buscar na escola só para ver ela dizer: -Ah, é? Então, tchau! e fingir que vai sair sem me levar. Minha mãe adora esta foto dela mordendo a Dudule, só porque ela parece assim um bombonzinho de morango. O Gáb, vocês já conhecem, é o que fez os desenhos e deixou a gente mostrar no blog. A gente vive junto desde que a gente nasceu e minha mãe gosta de falar que parecemos uma ninhada de gatinhos.
Olha só minha mãe com nós quatro, quando a gente era ainda bem pequeno:

terça-feira, 1 de junho de 2010

capuz e boné

Não precisa muito para me fazer feliz. (Nem para me deixar muito brava.) Mas se quer mesmo me agradar é só me colocar uma blusa com capuz. Eu rio à toa. E não tem roupinha de princesa que me faça desistir quando eu cismo de colocar um boné. Tenho uma coleção. A maioria é rosa, claro. Minha mãe gosta quando ponho para trás, porque não atrapalha a visão, mas eu gosto mesmo é bem em cima dos olhos, que é para mostrar a marra!